terça-feira, 20 de junho de 2017

Análise: TOC Weekly Shonen Magazine #28 (Ano 2017).


Mais uma Estreia e Cinco Páginas Coloridas

escrito por Diego Felipe

Ohayou Survive, Runway de Waratte, Tokyo Revengers, Tsue Petit Mahou Tsukai ♀ no Bouken no Sho, 8-gatsu Outlaw, Rakuraku Shinwa, Rankers High, HiGH&LOW g-sword... Não faltaram estreias na Weekly Shonen Magazine neste ano editorial de 2017. E na TOC #28 tivemos a nona estreia: World End Crusaders.


TOC Weekly Shonen Magazine #28 (2017):
Sakura Miyawaki (Capa Física)
World End Crusaders (Capa Digital, Página Colorida de Abertura, Novo Mangá, 63 pg.) (capítulo 01)
01. Senryuu Shoujo (capítulo 36)
02. Nanatsu no Taizai (capítulo 221)
03. Daiya no Ace - Act II (capítulo 83)
04. Fuuka (capítulo 159)
Ohayou Survive (Páginas Coloridas, 26 pg.) (capítulo 08)
05. Baby Steps (capítulo 429)
Runway de Waratte (Pré-Rank, 32 pg.) (capítulo 03)
06. Domestic na Kanojo (capítulo 144)
07. Seitokai Yakuindomo (capítulo 427)
Tsurezure Children (Página Colorida) (capítulo 145)
08. Hoshino、Me o Tsubutte。 (capítulo 58)
09. Fairy Tail (capítulo 539)
10. Tokyo Revengers (capítulo 16)
11. DAYS (capítulo 203)
12. Real Account (capítulo 119)
13. En En no Shouboutai (capítulo 83)
Tsue Petit Mahou Tsukai ♀ no Bouken no Sho (Pré-Rank) (capítulo 06)
14. Fumetsu no Anata e (capítulo 28)
15. 8-gatsu Outlaw (capítulo 24)
16. Rakuraku Shinwa (capítulo 10)
17. Rankers High (capítulo 19)
Kasaku (One-shot)
Ahiru no Sora (Ausente) (pausado no capítulo 561)
HiGH&LOW g-sword (Ausente) (pausado no capítulo 09)
Hajime no Ippo (Ausente) (pausado no capítulo 1184)
Kindaichi Shounen no Jikenbo R (Em hiato até a edição #31) (*)

LEGENDA
(*) - Numeração do capítulo não identificada

TOC Weekly Shonen Magazine #29 (2017):
- Capa Física: Yuki Kashiwagi (integrante dos grupos de idols AKB48 e NGT48)
- Capa Digital, Página Colorida de Abertura: Enen no Shouboutai (25 pg.)
- Páginas Coloridas: HiGH&LOW g-sword, Runway de Waratte
- Páginas Extras: World End Crusaders (42 pg.)
- Em hiato: Kindaichi Shounen no Jikenbo R 

TOC Weekly Shonen Magazine #30 (2017):
- Capa Física: Ayane Sakura (dubladora)
- Página Colorida de Abertura: Baby Steps
- Página Colorida: Ride Your Dream, por Tsukasa Ooshima (One-shot, 40 pg.)
- Páginas Extras: World End Crusaders (32 pg.)
- Ausentes: Ahiru no Sora, Fuuka, HiGH&LOW g-sword, Seitokai Yakuindomo
- Em hiato: Kindaichi Shounen no Jikenbo R 

TOC Weekly Shonen Magazine #34 (2017):
- Fim: Fairy Tail

Nesta edição tivemos a estreia de World End Crusaders, escrito por Biki e desenhado por Ryousuke Fuji, desenhista de Shingeki no Kyojin - Lost Girls, spin-off de Shingeki no Kyojin que foi publicado na Bessatsu Shonen Magazine entre 2015 e 2016. O mangá ganhou a capa digital, as páginas coloridas de abertura e seu primeiro capítulo contabilizou 63 páginas. A capa física foi estampada por Sakura Miyawaki, integrante dos grupos de idols HTK48 e AKB48.

As outras páginas coloridas foram para o novato Ohayou Survive, atualmente em seu oitavo capítulo (a obra será ranqueada pela primeira vez na próxima edição) e Tsurezure Children, que passará a ter seu anime televisionado em menos de um mês. Inclusive, recentemente foram divulgados mais dois trailers da estreia do anime que podem ser conferidos clicando aqui e aqui. A estreia nas telinhas japonesas será em 05 de julho.

Os novatos Runway de Waratte e Tsue Petit Mahou Tsukai ♀ no Bouken no Sho (que não receberam nenhuma página colorida nessa edição) estão em seus terceiro e sexto capítulos, respectivamente, e só passarão a ser ranqueados a partir do lançamento do oitavo capítulo ou, caso algum desses mangás ganhe página colorida no oitavo capítulo, o ranqueamento passa a ser a partir do nono capítulo.

Três mangás estiveram ausentes nessa edição: o veterano mangá de basquete Ahiru no Sora (que vira e mexe fica ausente), a "minissérie" HiGH&LOW g-sword e o quase trintão clássico mangá de boxe Hajime no Ippo. Ambos devem retornar na próxima edição, embora HiGH&LOW g-sword deva se ausentar na edição #30. Aliás, nessa edição, fechando a revista tivemos o lançamento do one-shot Kasaku, substituindo HiGH&LOW. Enquanto isso, Kindaichi Shounen no Jikenbo R segue em hiato e permanecerá nesta situação na edição #31 e trará novidades quando enfim retornar.

Página Colorida de Abertura: World End Crusaders

Parece (ênfase no "parece") que o mangá que ficou na primeira posição, Senryuu Shoujo, não será cancelado ou transferido antes de alguns novatos mal-sucedidos. Mesmo assim é preciso que Senryuu apresente um resultado melhor no nível de vendas para conseguir se garantir na revista. Só o tempo dirá se Senryuu conseguirá se livrar do risco de cancelamento e se estabilizar na Shonen Magazine, assim como ocorreu com Hoshino、Me o Tsubutte。(embora sejam mangás com propostas diferentes).

No segundo e no terceiro lugar ficaram dois pilares: Nanatsu no Taizai e Daiya no Ace - Act II, respectivamente. Eles perderão a companhia de Fairy Tail em poucas semanas, se tornando os únicos dois pilares da revista, considerando que obras promissoras como En En no Shouboutai e Fumetsu no Anata e ainda não tiveram seu potencial comercial melhor explorado e que a revista ainda encontra dificuldades para achar um mangá que alcance um rendimento muito elevado em um prazo relativamente curto. Para complicar, Nanatsu já está em seu arco final e seu fim pode não estar tão distante assim.

Jogado no limbo de esquecimento mas sem correr riscos de cancelamento... Esta é a situação de Fuuka, que ficou na quarta colocação. Como explicado, o autor Kouji Seo ainda mantém uma boa relação com os editores, o que ajuda a garantir a permanência da obra, que ainda apresenta um nível de vendas satisfatório para os padrões da revista. Por outro lado, a adaptação em anime fracassou e não está descartada a hipótese de queda de vendas de volumes em breve, como aconteceu com Yamada-kun to 7-nin no Majo.

Página Colorida de Abertura: World End Crusaders

Em quinto aparece o veterano mangá de tênis Baby Steps. A obra volta a dar um pulo do gato após ter ficado na porta do bottom na edição anterior. Baby Steps, que já conta com quase dez anos de publicação e mais de quatrocentos capítulos lançados, pode não estar mais no auge de sua popularidade, mas seu nível de vendas e sua recepção seguem positivas para os padrões da Shonen Magazine. Inclusive, na próxima edição Baby Steps receberá a página colorida de abertura (e possivelmente a capa digital).

Com relação à posição da edição anterior, Domestic na Kanojo, que ficou no sexto lugar desta TOC, subiu duas posições tanto na ordem de leitura quanto na ordem dos mangás ranqueados. DomeKano ainda continua com um nível satisfatório de vendas e ainda ganha páginas coloridas eventualmente. A sétima colocação ficou para o veterano e bem-sucedido gag mangá Seitokai Yakuindomo, cujo filme em anime está há menos de um mês para estrear nos cinemas.

A oitava posição ficou para Hoshino、Me o Tsubutte。, que embora não tenha um nível de vendas muito alto (aliás, é o de nível mais baixo entre os mangás estáveis), consegue manter um rendimento que agrade a seus editores e continua mantendo uma recepção positiva dos leitores. Não a toa, vira e mexe Hoshino recebe páginas coloridas e não a toa também o mangá vai conseguindo se manter. Para todos os efeitos, o roteirista Kouhei Nagashii e o desenhista Ishigana (que possivelmente são a mesma pessoa) mostraram (ou mostrou) um bom serviço.

Página Colorida: Ohayou Survive

Há seis edições de ser finalizado, Fairy Tail ficou com a nona colocação da vez e, de quebra, ficou outra vez abaixo dos outros dois pilares (Nanatsu e Daiya) na ordem de leitura. Após o fim de Fairy Tail, a Shonen Magazine possivelmente intensificará ainda mais a busca por mangás novatos que apresentem um alto nível de vendas de volumes ou ao menos possam se expandir comercialmente no futuro. E acredito que com Hiro Mashima não deva demorar muito para lançar uma nova obra na revista... Também acredito que Fairy Tail continuará sendo explorado comercialmente.

Fechando o Top 10 está Tokyo Revengers, que na edição anterior ganhou as páginas coloridas de abertura. Dessa vez o mangá volta a ficar ranqueado numa posição menos elevada. Ainda assim, ao que parece, diferente do que ocorre com 8-gatsu, Rakuraku Shinwa e Rankers High, os editores estão demonstrando otimismo nas chances de Tokyo Revengers se estabilizar e alcançar um nível ao menos satisfatório nas vendas. Mas só com o tempo saberemos se esse otimismo terá valido a pena.

Em décimo primeiro lugar está o mangá de futebol DAYS, que atualmente já tem mais de duzentos capítulos lançados e permanece numa situação estável na ordem de leitura e apresentando um nível mais que satisfatório nas vendas de seus volumes. Ou seja, DAYS não corre risco algum de cancelamento. Inclusive, já anunciaram há muito tempo uma continuação da adaptação em anime que a obra recebeu no ano passado, porém até agora não surgiram maiores novidades.


Página Colorida: Ohayou Survive

Após ter encerrado um longo tabu de mais de vinte edições sem ganhar página colorida na TOC #27, Real Account volta a ser ranqueado no "meio de tabela", ou melhor, na porta do bottom, na décima segunda colocação. A situação de Real Account ainda é bem tranquila, ainda mais considerando sua boa média de vendas (a média é de pelo menos 70 mil cópias em média vendidas por volume). Apesar de estar perdendo destaque, Real Account ainda deve se manter por um bom tempo na revista sem correr riscos.

Quem abre o bottom da vez é En En no Shouboutai. Não é raro ver esse mangá, com quase dois anos de publicação, dar as caras no bottom. Isso acontece, na verdade, com certa frequência. No entanto, essas aparições no bottom são apenas resultado da variação de posições dos mangás na ordem de leitura de cada nova edição, pois a situação da obra é bastante tranquila e o mangá ainda é uma das esperanças da Magazine para maior exploração comercial. Inclusive, na próxima edição, En En receberá a capa digital e a página colorida de abertura.

No décimo quarto lugar está Fumetsu no Anata e, que continua apresentando um bom rendimento para os padrões da revista. Não é incomum ver a obra aparecer no bottom, mas a situação não é muito diferente de En En: a obra mantém uma boa recepção e ainda se apoia nos bons resultados apresentados pelas vendas de volumes (no caso de Fumetsu, nas vendas do primeiro volume). Resumindo: Fumetsu segue em segurança.


Página Colorida: Tsurezure Children

Na décima quinta colocação temos o primeiro da trindade de novatos fadada ao cancelamento que aparece nas três últimas posições ranqueáveis: o mangá de beisebol 8-gatsu Outlaw. O mangá até tinha a confiança dos editores e demonstrava potencial, mas acabou não convencendo o público leitor e teve péssimas vendas no lançamento de seu primeiro volume. O autor, no passado, teve um mangá de rúbgi cancelado com 12 capítulos. Com 8-gatsu tornou a fracassar, mas teve um pouquinho mais de sorte: o mangá já tem pelo menos 24 capítulos lançados. Boa sorte a ele em sua próxima tentativa no mercado dos mangás.

O novato Rakuraku Shinwa, que esteve na décima sexta posição, é outro que não tem mais esperanças de vida e deve ser cancelado em não muito tempo. E esse cancelamento, a julgar pelas posições que a obra vem pegando na ordem de leitura, provavelmente deve ser precoce, ou seja, entre 12 a 18 capítulos. Fica o desejo de boa sorte ao autor do mangá em suas próximas empreitadas, já que não será com Shinwa que ele alcançará espaço no mercado dos mangás.

Mais uma vez ficando no último lugar entre os ranqueados, Rankers High ficou no décimo sétimo lugar. A obra já está condenada a não permanecer mais na revista. Rankers High infelizmente é só mais um mangá que até demonstra certo potencial para brigar por estabilidade na revista, mas não consegue cair nas graças do público. Esta vem sendo a rotina da Weekly Shonen Magazine: lançar vários novatos promissores e só conseguir emplacar uma obra ou outra. 2016 não chegou a ser um ano ruim, pois tivemos Hoshino e Fumetsu conseguindo se estabilizar. Mas já estamos na metade do ano editorial de 2017 e ainda está complicado para a imensa maioria dos novatos alcançar o êxito. Quanto a Rankers High, bem... na próxima edição, ele terá seu último capítulo lançado na Weekly Shonen Magazine, pois depois será transferido para a Magazine Pocket.


SITUAÇÕES DOS MANGÁS

PilaresDaiya no Ace - Act II, Nanatsu no Taizai
Seguros e Estáveis: Ahiru no Sora, Baby Steps, DAYS, Domestic na Kanojo, Enen no Shouboutai, Fuuka, Fumetsu no Anata e, Hajime no Ippo, Hoshino、Me o Tsubutte, Kindaichi Shounen no Jikenbo R, Real Account, Seitokai Yakuindomo, Tsurezure Children
Em Busca de Estabilização: Ohayou Survive, Rakuraku Shinwa, Runway de Waratte, Tokyo Revengers, Tsue Petit Mahou Tsukai ♀ no Bouken no Sho, World End Crusaders
Pilar em Reta Final: Fairy Tail
Em Risco de Cancelamento: 8-gatsu Outlaw, Rakuraku Shinwa, Rankers High, Senryuu Shoujo
- Duração de Curto Prazo: HiGH&LOW g-sword

.
Bem, caros leitores, assim se encerra a análise da edição #28 da Weekly Shonen Magazine.
Até a próxima, galera!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

onload='emoticon()'