terça-feira, 13 de junho de 2017

Análise: TOC Weekly Shonen Magazine #27 (Ano 2017).


Um Pouquinho de Novidades



escrito por Diego Felipe

Apesar da revista ainda estar se aquecendo para mais agitos (falo sobre o fim de Fairy Tail se aproximando e novatos perto do cancelamento), nessa edição também pudemos conferir algumas novidades sobre o filme animado de Seitokai Yakuindomo e do anime televisivo de Tsurezure Children. Bem, sem mais delongas, vamos à análise.

TOC Weekly Shonen Magazine #27 (2017):
Yuuna Taira (Capa Física, Capa Digital)
Tokyo Revengers (Páginas Coloridas de Abertura, 31 pg.) (capítulo 15)
01. Fairy Tail (capítulo 538)
Runway de Waratte (Pré-Rank, 42 pg.) (capítulo 02)
02. Tsurezure Children (capítulo 144)
03. Seitokai Yakuindomo (capítulo 426)
04. Daiya no Ace - Act II (capítulo 82)
05. Nanatsu no Taizai (capítulo 220)
06. Fumetsu no Anata e (capítulo 27)
Real Account (Página Colorida, 26 pg.) (capítulo 118)
07. Senryuu Shoujo (capítulo 35)
08. Domestic na Kanojo (capítulo 143)
09. DAYS (capítulo 202)
HiGH&LOW g-sword (Minissérie, Ranqueamento Facultativo) (capítulo 09)
10. Hoshino、Me o Tsubutte。 (capítulo 57)
11. En En no Shouboutai (capítulo 82)
12. Baby Steps (capítulo 428)
Ohayou Survive (Pré-Rank) (capítulo 07)
13. Fuuka (capítulo 158)
14. 8-gatsu Outlaw (capítulo 23)
Tsue Petit Mahou Tsukai ♀ no Bouken no Sho (Pré-Rank) (capítulo 05)
15. Rakuraku Shinwa (capítulo 09)
16. Rankers High (capítulo 18)
17. Ahiru no Sora (capítulo 561)
Hajime no Ippo (Ausente) (pausado no capítulo 1184)
Kindaichi Shounen no Jikenbo R (Em hiato até a edição #31) (*)

LEGENDA
(*) - Numeração do capítulo não identificada

TOC Weekly Shonen Magazine #28 (2017):
- Capa Física: Sakura Miyawaki
- Páginas Coloridas de Abertura: World End Crusaders, por Biki & Ryousuke Fuji (Novo Mangá, 63 pg.)
- Páginas Coloridas: Tsurezure Children, Ohayou Survive (26 pg.)
- Ausente: HiGH&LOW g-sword
- Em hiato: Hajime no Ippo, Kindaichi Shounen no Jikenbo R (até a edição #31)

TOC Weekly Shonen Magazine #34 (2017):
Fim: Fairy Tail


A capa física da edição foi estampada pela atriz Yuuna Taira, que, para os curiosos de plantão, foi a protagonista do filme live-actiond de ReLIFE. As páginas coloridas de abertura foram para o novato Tokyo Revengers, atualmente em seu décimo quinto capítulo (que, aliás, teve 31 páginas no total). Dá para notar que os editores estão confiantes de que Tokyo Revengers tem potencial. Mas só o tempo dirá se esse potencial irá se converter em um mangá com um nível de vendas pelo menos satisfatório. A outra página colorida foi para Real Account... Aleluia, hein?! Piadas a parte, Real Account não ganhava páginas coloridas há mais de vinte edições. Foi o fim de um tabu para o mangá, que ainda mantém um bom nível de vendas para os padrões da revista.

Os novatos Runway de Waratte e Tsue Petit Mahou Tsukai ♀ no Bouken no Sho estão em seus segundo e quinto capítulos lançados respectivamente e só serão ranqueado a partir do lançamento do oitavo capítulo de cada obra. O mesmo não se pode dizer de Ohayou Survive, que está em seu sétimo capítulo, mas ganhará página colorida na próxima edição. Ou seja, Ohayou Survive será ranqueado a partir do capítulo 09 (posterior ao capítulo 08 que receberá uma página colorida). Por sua vez HiGH&LOW g-sword já está em seu nono capítulo mas por se tratar de uma minissérie seu ranqueamento é "facultativo".

Nesta edição Hajime no Ippo esteve ausente, devido a problemas de saúde do autor George Morikawa. O clássico mangá de boxe também estará ausente na próxima edição. Segundo informações da revista, Morikawa está em recuperação e pretende voltar a lançar capítulos na edição #29 (o que não garante que ele realmente lançará). Mas, convenhamos, para uma obra com 117 volumes lançados e 27 anos de publicação, é natural que o autor faça pausas (longas ou curtas) eventualmente. E, como muitos já sabem por meio da leitura de análises anteriores, Kindaichi Shounen no Jikenbo R está em hiato até a edição #31. E, na edição de seu retorno, teremos um anúncio importante da obra (ainda não sabemos qual a novidade).

No primeiro lugar entre os ranqueados está Fairy Tail, que está a apenas sete edições de ser finalizado (mas não necessariamente sete capítulos, já que de repente podemos ser surpreendidos - ou não - com o lançamento de dois capítulos em uma dessas edições derradeiras). O fim de Fairy Tail trará problemas para a Shonen Magazine, que terá que encontrar mais mangás com potencial comercial e popularizar ainda mais algumas das obras mais obras do plantel atual.

Em segundo lugar está Tsurezure Children, cujo anime está muito perto de estrear. A estreia será no dia 04 de julho, com exibição no canal Tokyo MX às 11:15 da noite e no canal SunTv às 00:15 da manhã (efetivamente na manhã de 05 de julho). Cada episódio terá 15 minutos de duração. Embora as expectativas para a expansão comercial do mangá não sejam elevadas, fica a torcida para que o anime consiga alcançar o sucesso.

A terceira posição ficou para outra obra que ganhará uma adaptação que estreará em julho, mas nesse caso nas telonas: Seitokai Yakuindomo vê o dia do lançamento de seu filme animado nos cinemas se aproximar a cada dia e recentemente um trailer que apresenta um trecho de uma música do filme: "Seishun Non-Fiction" (em tradução livre, "Não-Ficção Adolescente"), que será cantada pelo grupo Triple Booking, formado pelas dubladoras Yoko Hikasa, Sayuri Haragi e Satomi Satou. Vale lembrar que tanto as informações citadas do anime Tsurezure quanto do filme de Seitokai foram extraídas de notícias do portal Anime News Network.

Em quarto e quinto lugares ficaram Daiya no Ace - Act II e Nanatsu no Taizai, respectivamente. Mais uma vez os dois pilares foram ranqueados abaixo de Fairy Tail na ordem de leitura, mas dessa vez os três pilares ficaram entre os cinco primeiros ranqueados. Daiya no Ace - Act segue em alta na revista, com vendas de no mínimo 320 mil cópias por cada volume. Já Nanatsu ainda continua superando a marca de 500 mil cópias vendidas por volume com certa facilidade, sendo a obra com melhor nível de vendas da revista atualmente. 

Na sexta posição está Fumetsu no Anata e, repetindo o ranqueamento da edição anterior. Fumetsu apresenta um nível satisfatório de vendas de volumes e esse nível ainda pode melhorar ou ao menos se manter com o lançamento do segundo volume. A obra, da mesma autora de Koe no Katachi, parece já ter conseguido seu lugar ao sol na line-up e conta com uma boa recepção dos leitores. Resumindo: a obra se encontra em uma situação tranquila.

O sétimo lugar ficou para Senryuu Shoujo, que volta a ficar no Top 10 após ter passado pelo bottom na edição anterior. Ainda assim não estou muito otimista quanto à situação da obra, que a meu ver pode estar ameaçada se não houver aumento do nível de vendas de volumes ou ainda se os editores optarem por uma leva recheada nas próximas edições e considerarem Senryuu um alvo da foice do cancelamento.

Após ter sido ranqueado em primeiro lugar na edição anterior, nesta edição vemos Domestic na Kanojo ocupar a oitava colocação, se mantendo no Top 10. O mangá tem um nível satisfatória de vendas, de pelo menos 70 mil cópias em média vendidas por volume. DomeKano também conta com apoio dos editores e a liberdade da autora Kei Sasuga para continuar desenvolvendo a obra da forma que julgar mais conveniente.

Em nono está o mangá de futebol DAYS, cujas vendas são de no mínimo 120 mil cópias por volume, um nível melhor que o que a obra vendia antes da estreia do anime. Mesmo que comercialmente o anime de DAYS não tenha obtido resultados fenomenais, por outro lado esses resultados se mostraram satisfatórios para melhorar a rentabilidade da obra, que está em situação bem tranquila na revista sem correr risco algum.

Fechando o Top 10 está Hoshino、Me o Tsubutte。, que já tem cinquenta e sete capítulos publicados. O nível de vendas de volumes pode até ser um dos mais baixos da revista, mas é o suficiente para que os editores acreditem que seja uma boa decisão comercial manter Hoshino, isso levando ainda a recepção positiva que a obra possui atualmente. A situação do mangá é tranquila e Hoshino não deve estar ameaçado tão cedo.

Primeira obra ranqueada fora do Top 10, En En no Shouboutai segue numa situação estável, com média de vendas levemente superior a 120 mil cópias por volume. A situação de En En é tranquila e pode melhorar muito futuramente, se receber uma adaptação em anime. Mas fica a torcida de que se En En receber mesmo uma adaptação, seja de boa qualidade, para alavancar as vendas dos volumes e de quebra se mostrar um anime rentável.

Na décima segunda posição está o veterano mangá de tênis Baby Steps. Apesar de já não ser mais tratado com tanto destaque por parte dos editores Baby Steps segue em uma situação bem tranquila na revista, com um nível de vendas superior ao de muitas obras promissoras e/ou sem riscos de cancelamento. Pode-se dizer que o autor de Baby Steps, de quebra, também tem liberdade para seguir desenvolvendo a obra até onde desejar.

Abrindo o bottom quem dá as caras no décimo terceiro lugar é Fuuka, que está no limbo do esquecimento. É uma obra que até vai ser mantida devido ao nível satisfatório/bom de vendas de volumes e a bola relação do autor Kouji Seo com os editores.No entanto, creio que a obra deverá ser finalizada em não muito tempo, haja visto que a situação comercial da obra encontra-se praticamente "saturada" após o anime mal-sucedido.

Na décima quarta colocação está um novato mal-sucedido e fadado a um futuro cancelamento: o mangá de beisebol 8-gatsu Outlaw. Apesar da confiança dos editores no potencial da obra, 8-gatsu acabou vendendo muito mal no lançamento de seu primeiro volume, o que praticamente complicou as suas chances de estabilização.. De quebra os editores deixaram o mangá para escanteio ao verem que ele não seria bem-sucedido. Resumindo: o fim de 8-gatsu é questão de tempo.

Mal começou a ser ranqueado e Rakuraku Shinwa, que ficou na décima quinta colocação, já está no bottom. Com esse prognóstico, a situação de Rakuraku não é nada otimista. Embora as posições de muitas obras variem bastante a cada edição, quando um novato aparece no bottom ainda em seus primeiros capítulos pode ser sinal de que ele está em risco... E caso um novato comece a aparecer com frequência no bottom ou na parte baixa da ordem de leitura é bem provável que ele seja cancelado mais cedo ou mais tarde. Com isso, declaro que Rakuraku Shinwa pode ser um dos próximos alvos da foice do cancelamento.

Muito perto de ser cancelado, Rankers High ficou na décima sexta posição, ficando acima apenas do veterano Ahiru no Sora. Para um mangá de luta esse novato se revelou um verdadeiro saco de pancadas por parte dos leitores, que não se convenceram ou se encantaram com Rankers High. Dificilmente o mangá permanecerá na revista após a edição #34 (quando Fairy Tail será encerrado), ou seja, é um dos favoritos para o cancelamento.

Mais uma vez em último lugar (décimo sétimo lugar) e fechando a revista está o veterano mangá de basquete Ahiru no Sora, que continua em uma situação estável na revista, embora esteja claramente dentro do limbo do esquecimento, haja visto que os editores não parecem empolgados em expandir ou explorar melhor seu desempenho comercial (ou seria vontade do autor?). Resumindo: Ahiru está em situação tranquila na revista, mas com menos destaque do que antigamente. A julgar a enorme quantidade de capítulos, não descarto um fim (natural) para a obra em não muito tempo.


SITUAÇÕES DOS MANGÁS

PilaresDaiya no Ace - Act II, Nanatsu no Taizai
Seguros e Estáveis: Ahiru no Sora, Baby Steps, DAYS, Domestic na Kanojo, Enen no Shouboutai, Fuuka, Fumetsu no Anata e, Hajime no Ippo, Hoshino、Me o Tsubutte, Kindaichi Shounen no Jikenbo R, Real Account, Seitokai Yakuindomo, Tsurezure Children
Em Busca de Estabilização: Ohayou Survive, Rakuraku Shinwa, Tokyo Revengers, Tsue Petit Mahou Tsukai ♀ no Bouken no Sho
Pilar em Reta Final: Fairy Tail
Em Risco de Cancelamento: 8-gatsu Outlaw, Rakuraku Shinwa, Rankers High, Senryuu Shoujo
- Duração de Curto Prazo: HiGH&LOW g-sword

Bem, queridos leitores, assim se encerra mais uma análise de uma edição da Weekly Shonen Magazine, no caso a da edição #27. 
Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

onload='emoticon()'