terça-feira, 1 de agosto de 2017

Análise: TOC Weekly Shonen Magazine #34 (Ano 2017).


Enfim, o Fim...


escrito por Diego Felipe


Essa edição #34 da Weekly Shonen Magazine, lançada no ano de 2017, ficará marcada para a revista como a edição em que Fairy Tail chegou ao fim. A obra de Hiro Mashima foi um sucesso gigantesco na revista durante o tempo de sua publicação, entre 2006 e 2017. Bem, deixando os comentários para o fim da obra para os parágrafos a seguir, eis o índice.

TOC Weekly Shonen Magazine #34 (2017):
Fairy Tail (Capa Física, Capa Digital, Páginas Coloridas de Abertura, Último Capítulo, 48 pg.) (capítulo 545)
01. Runway de Waratte (capítulo 09)
02. Fuuka (capítulo 164)
03. Tokyo Revengers (capítulo 22)
04. Tsurezure Children (capítulo 151)
05. Fumetsu no Anata e (capítulo 33)
06. Seitokai Yakuindomo (capítulo 433)
Kanojo、Okarishimasu (Pré-Rank, Página Colorida, 34 pg.) (capítulo 03)
World End Crusaders (Pré-Rank, Página Colorida, 26 pg.) (capítulo 07)
07. En En no Shouboutai (capítulo 89)
08. Domestic na Kanojo (capítulo 150)
09. DAYS (capítulo 209)
10. Nanatsu no Taizai (capítulo 227)
11. Hoshino、Me o Tsubutte。 (capítulo 63)
12. Daiya no Ace - Act II (capítulo 87)
13. Senryuu Shoujo (capítulo 43)
14. Real Account (capítulo 125)
15. Baby Steps (capítulo 434)
16. Kindaichi Shounen no Jikenbo R (*)
17. Rakuraku Shinwa (capítulo 16)
18. Ohayou Survive (capítulo 14)
19. 8-gatsu Outlaw (capítulo 30)
20. HiGH&LOW g-sword (capítulo 13)
Toilet no Kaoruko-chan (One-shot)
Hajime no Ippo (Ausente) (pausado no capítulo 1188)
Tsue Petit Mahou Tsukai ♀ no Bouken no Sho (Ausente) (pausado no capítulo 11)
Ahiru no Sora (Em hiato) (pausado no capítulo 561)

LEGENDA
(*) - Numeração do capítulo não identificada

TOC Weekly Shonen Magazine #35 (2017):
- Capa Física: Misa Etou
- Capa Digital, Páginas Coloridas de Abertura: Kessen no Kuon, por Yoshinori Matsuoka (Novo Mangá, 63 pg.)
- Páginas Coloridas: Fuuka, Tsue Petit Mahou Tsukai ♀ no Bouken no Sho
- Capítulo Duplo: Tsue Petit Mahou Tsukai ♀ no Bouken no Sho
- Ausentes: Hajime no Ippo, HiGH&LOW g-sword e Kindaichi Shounen no Jikenbo R
- Em hiato: Ahiru no Sora

Página Colorida de Abertura: Fairy Tail

É, meus amigos, essa é a edição final de Fairy Tail, mangá que com certeza deixou sua marca na história da Weekly Shonen Magazine. O autor Hiro Mashima havia encerrado o bem-sucedido Rave Master em 2005 quando lançou Fairy Tail no ano seguinte, fazendo um sucesso ainda maior. A obra chegou ao seu auge após o lançamento de seu anime em 2009, anime esse que voltará a ter uma nova temporada no ano que vem. Porém, com o tempo, o mangá foi se desgastando, ainda mais pelo descontentamento de muitos leitores com a forma como Mashima conduziu o mangá. As vendas começaram a cair a cada novo volume... porém nem isso impediu que Fairy Tail perdesse relevância no plantel. E eis que após mais de dez anos... enfim a obra chega ao fim. Bem, fica a torcida para Hiro Mashima repetir o sucesso em sua próxima empreitada.

Os novatos Kanojo、Okarishimasu e World End Crusaders, que ainda estão em seus terceiro e sétimo capítulos respectivamente, ganharam as outras páginas coloridas. World End Crusaders passará a ser ranqueado a partir da próxima edição, quanto terá o seu oitavo capítulo lançado. Já  Kanojo、Okarishimasu levará mais tempo para chegar ao oitavo capítulo e passar a ser ranqueado. Além disso, tivemos o lançamento de um one-shot que fechou a ordem de leitura da revista: Toilet no Kaoruko-chan. Trata-se de mais um one-shot tapa-buraco para tapar a ausência de alguns mangás (com as ausências constantes de Kindaichi e Ahiru isso tem se tornado comum).

Página Colorida de Abertura: Fairy Tail

Três mangás estiveram ausentes nessa edição: o veterano mangá de basquete Ahiru no Sora, Hajime no Ippo e o mangá novato Tsue Petit Mahou Tsukai ♀ no Bouken no Sho. Tsue Petit deve retornar na próxima edição, com direito a páginas coloridas e capítulo duplo. Ahiru também estava previsto para retornar na próxima edição, mas pelo que consta não vai retornar. Pode-se dizer que o mangá está em hiato e sem uma previsão real de retorno, devido aos problemas de saúde do autor. E Hajime no Ippo sequer foi encontrado nas fontes onde obtive a TOC da vez. Sinistro, não?

A primeira posição entre os ranqueados ficou para o novato Runway de Waratte, que ainda está brigando por sua permanência na revista e por um lugar ao sol no plantel. Já a segunda colocação foi para Fuuka, que deu um pulo do jaguar (do gato seria pouco) e conseguiu subir umas dez posições só entre os mangás ranqueados. Mas sejamos francos, Fuuka, embora em situação segura, está no limbo do esquecimento e de lá dificilmente vai sair enquanto continuar sendo publicado. 

Página Colorida: Kanojo、Okarishimasu 

A terceira posição ficou para Tokyo Revengers, novato que por enquanto vai sendo mantido na revista, mas cuja permanência eu não consideraria assegurada, haja visto que as vendas do primeiro volume não parecem ter sido das mais elevadas. Em quarto ficou Tsurezure Children, que atualmente está com um anime em exibição. Tsurezure continua apresentando um bom rendimento e não corre riscos de cancelamento. Em quinto lugar ficou Fumetsu no Anata e, obra novata cuja média de vendas é de 80 mil cópias por volume. Não é uma média tão alta para o mangá de uma autora muito famosa (é a mesma de Koe no Katachi), mas também está muito longe de ser uma decepção. O mangá conta com uma ótima recepção do público e seu nível de vendas é bom o bastante para os editores reflitam se vale a pena investir na expansão comercial da obra.

Após ter ganho páginas coloridas na edição anterior, Seitokai Yakuindomo volta a ser ranqueado em uma posição elevada, ficando no sexto lugar. Seitokai, cuja média de vendas é de 120 mil cópias por volume, continua com respaldo dos editores e atraindo uma boa quantidade de leitores. Já na sétima colocação está En En no Shouboutai, mangá lançado perto do fim do ano editorial de 2015. Desde que estreou En En conseguiu se destacar na revista e se estabilizou com uma média de vendas de 110 mil cópias por volume, que pode se expandir mais pra frente se En En receber uma adaptação em anime.

Na oitava posição está Domestic na Kanojo, que segue com um rendimento satisfatório. O décimo quarto volume vendeu 38.753 cópias em menos de duas semanas. Em um mês deve chegar a 60 mil cópias, quantidade que garante a permanência de DomeKano tranquilamente na revista. A nona colocação ficou para o mangá de futebol DAYS, que segue numa situação estável no plantel, devido ao bom nível de suas vendas.

Página Colorida: Kanojo、Okarishimasu 

Em décimo primeiro lugar está Nanatsu no Taizai, atualmente o pilar com melhor nível de vendas da revista. O vigésimo sétimo volume da obra de Nakaba Suzuki já vendeu 345.537 cópias e tem previsão para vender até 550 mil cópias em até um mês. Vale lembrar que Nanatsu está em seu arco final e os editores devem estar preocupados em encontrar uma obra com alto nível de rentabilidade ou de fazer as obras que já estão no plantel terem um aumento de rendimento, principalmente as obras mais promissoras.

A décima primeira posição foi para Hoshino、Me o Tsubutte。 , que embora apresente um rendimento razoável ainda está seguro na revista, contando com uma boa recepção e com o apoio dos editores, tanto que não é raro Hoshino receber páginas coloridas.  Já o décimo segundo lugar foi para Daiya no Ace - Act II, cujo oitavo volume vendeu até agora 202.499 cópias e a previsão é de que consiga chegar a no máximo 350 mil cópias em até dois meses. A continuação de Daiya no Ace é atualmente uma das obras com os melhores níveis de vendas da revista e sua permanência é importantíssima para a revista, ainda mais com o fim de Fairy Tail, que tinha vendas a mesmo nível e muita popularidade.

Em décimo terceiro está Senryuu Shoujo, cujas vendas do primeiro volume aparentemente não tiveram um desempenho notório. Mas ao que parece Senryuu vai conseguindo se manter pelo menos por um tempinho. A décima quarta posição ficou para Real Account, que apresenta um rendimento satisfatório mas não recebe tanta divulgação por parte de seus editores (o mangá já ficou 25 edições sem receber páginas coloridas). Ainda assim o importante é que o mangá continua estável na revista.

Página Colorida: World End Crusaders

Se na edição anterior Baby Steps ficou ranqueado em primeiro lugar, nessa edição o mangá de tênis, que tem mais de quatrocentos capítulos lançados e completará dez anos de publicação, ficou na porta do bottom, na décima quinta colocação. Mas trata-se de uma variação de posições natural, uma vez que a obra ainda apresenta um bom rendimento para os padrões da Weekly Shonen Magazine e não deve ser cancelada. E quem abre o bottom da vez, na décima sexta posição, é Kindaichi Shounen no Jikenbo R, uma das continuações da franquia Kindaichi. Após retornar de um hiato recentemente, o mangá estará ausente na próxima edição. A obra ainda está em uma situação confortável na revista.

Em décimo sétimo, em décimo oitavo e em décimo nono lugares estão Rakuraku Shinwa, Ohayou Survive e 8-gatsu Outlaw, respectivamente. São três novatos que não vingaram na revista e vão rodar em breve. 8-gatsu Outlaw e Rakuraku Shinwa devem ser finalizados na edição #36-37 e Ohayou acaba na edição #38. Bem, fica o meu desejo de boa sorte aos autores em suas próximas tentativas. O vigésimo lugar ficou para HiGH&LOW g-sword, mangá de autoria do grupo CLAMP para divulgar a franquia HiGH&LOW. Trata-se de um mangá curto especial, que provavelmente será encerrado em não muito tempo.

Página Colorida: World End Crusaders


SITUAÇÕES DOS MANGÁS

PilaresDaiya no Ace - Act II, Nanatsu no Taizai
Seguros e Estáveis: Ahiru no Sora, Baby Steps, DAYS, Domestic na Kanojo, Enen no Shouboutai, Fuuka, Fumetsu no Anata e, Hajime no Ippo, Hoshino、Me o Tsubutte, Kindaichi Shounen no Jikenbo R, Real Account, Seitokai Yakuindomo, Tsurezure Children
Aparentemente Seguro: Senryuu Shoujo, Tokyo Revengers
Em Busca de Estabilização: Kanojo、Okarishimasu, Runway de Waratte, Tsue Petit Mahou Tsukai ♀ no Bouken no Sho, World End Crusaders
Finalizado: Fairy Tail
Em Risco de Cancelamento: 8-gatsu Outlaw, Ohayou Survive, Rakuraku Shinwa
- Duração de Curto Prazo(?): HiGH&LOW g-sword


AVISOS EXTRAS

Antes de encerrar a análise... pessoal, vocês se lembram do one-shot Gotoubun no Hanayome, publicado recentemente na Weekly Shonen Magazine, na edição #07? Pelo que constam minhas fontes de pesquisa, esse one-shot será serializado a partir da edição #36-37. Para os interessados em ler, basta clicar nesse link.

Também queria lembrar que o 115º volume de Hajime no Ippo já alcançou a marca de 112.436 cópias vendidas e deve alcançar a marca de 150 mil cópias em até um mês. O mangá esteve ausente nessa edição e também não estará presente na próxima TOC. O sétimo volume de Infection, que era lançado na Weekly Shonen Magazine e agora passou a ser lançado na Magazine Pocket, vendeu 46.519 cópias em duas semanas. Deve chegar a pelo menos 60 mil cópias vendidas em um mês.

Enfim, pessoal, assim termina a análise da edição #34 da Weekly Shonen Magazine.
Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

onload='emoticon()'